Campus


Vários líderes do País visitaram a Universidade de Macau (UM): o Presidente Xi Jinping visitou a UM em 2014 e conversou com os estudantes de um colégio residencial; o ex-Presidente Hu Jintao presidiu à cerimónia de lançamento da primeira pedra do novo campus em 2009; o ex-Vice-Primeiro-Ministro do Conselho de Estado, Wang Yang, presidiu à cerimónia de inauguração deste campus em 2013. O campus da UM está sob a jurisdição da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM). Esta iniciativa constitui um avanço inovador no âmbito do princípio de “Um País, Dois Sistemas” e reflecte o grande apoio dos governos central e da RAEM para o desenvolvimento do ensino superior em Macau.

Localizado no leste da ilha de Hengqin, na província de Guangdong, num terreno arrendado pelo governo da RAEM, o campus da UM é separado da Taipa por um rio, com belas vistas da exuberante Montanha de Hengqin. Além disso, ocupa um terreno de 1,09 km2, sendo composto por uma área de construção de 820.000 m2 e por mais de 60 edifícios e possuindo uma capacidade para mais de 10.000 estudantes. Pode-se entrar e sair, a qualquer momento, do campus convenientemente através do túnel subaquático, sem passar pelos postos fronteiriços.

O design do campus foi realizado por He Jingtang, um arquitecto de renome mundial e membro da Academia Chinesa de Engenharia. O arquitecto procurou criar um campus orientado para as pessoas, sustentável, moderno, digital, confortável e energeticamente eficiente, com um estilo de jardim e uma mistura de elementos das culturas chinesa e ocidental.

As faculdades ficam localizadas ao longo do eixo central do campus, com os prédios de diferentes faculdades ligados por corredores, para facilitar as actividades de ensino e de investigação interdisciplinares e a interacção professor-aluno. A UM possui dez colégios residenciais, a maior escala na Ásia, os quais são separados por espaços verdes e massas de água.


Top