Apoio à Universidade

Graças ao apoio dos governos central e da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), assim como de todos os sectores da sociedade, a Universidade de Macau (UM) é hoje uma das 350 melhores universidades do mundo, tendo conseguido um amplo reconhecimento pelos seus contributos nas áreas da formação de talentos, do ensino, da investigação e dos serviços prestados à comunidade.

  • Apoio do Governo Central
    Tanto o actual presidente, Xi Jinping, como o seu predecessor, Hu Jintao, visitaram a UM e transmitiram importantes instruções para o futuro desenvolvimento da universidade. Ambos expressaram as suas expectativas em relação à transformação da UM numa instituição de classe mundial.

    • Em Junho de 2018, o Presidente Xi Jinping respondeu a uma carta conjunta da UM, indicando uma clara direcção para as instituições de ensino superior de Macau. Nesta carta, o Presidente reconheceu o recente progresso feito pelas instituições de ensino superior de Macau na área da inovação científica e tecnológica, e exprimiu o seu desejo de que estas instituições formem mais quadros qualificados, com amor à pátria e Macau, conquistem novos sucessos nas áreas da ciência e tecnologia, promovam uma diversificação adequada da economia de Macau para um desenvolvimento sustentável, e contribuam para o desenvolvimento da Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau.
    • Em Abril de 2018, o Ministério da Educação da República Popular da China presenteou a UM com a estátua “Anel do Conhecimento”. Nesta estátua encontram-se inscritas as cinco virtudes que formam o lema da universidade, assim como as palavras “Grande Conhecimento” e “Grande Carácter”, duas das expectativas que a UM possui em relação aos seus alunos. A estátua também simboliza a dedicação da UM na promoção da cultura e virtudes tradicionais chinesas. Na cerimónia de inauguração da estátua, o Ministro da Educação, Chen Baosheng, enfatizou: “Esta estátua é mais do que um presente, ela simboliza os desejos e esperanças que o governo central e o Ministério da Educação nutrem para com a UM. Espero que a UM venha a concretizar a sua missão histórica de formar profissionais que amem a sua pátria e que contribua para o rejuvenescimento da nação e a prosperidade e estabilidade de Macau. Também desejo que a UM venha a tornar-se numa universidade de renome não só a nível nacional, como a nível mundial.”
    • o Em Abril de 2018, uma delegação do Ministério da Ciência e Tecnologia da República Popular da China visitou os dois laboratórios de referência do estado (um de microelectrónica e o outro de medicina chinesa), assim como um terceiro relacionado com as aplicações da internet das coisas para cidades inteligentes, já aprovado por este Ministério, mas ainda em preparação. Durante esta visita, a delegação mostrou-se satisfeita com o facto de os dois laboratórios de referência do estado desempenharem um papel relevante no desenvolvimento da ciência e tecnologia em Macau, e prometeu dar continuação ao apoio deste Ministério para os futuros esforços do governo da RAEM para o estabelecimento de novos laboratórios de referência do estado
    • Em Dezembro de 2014, o Presidente Xi Jinping visitou a UM e elogiou a universidade pelas suas inúmeras inovações no sistema e filosofia educacionais. Após tomar conhecimento da posição de liderança a nível mundial ocupada pela UM nas áreas de chips na escala nano e da medicina chinesa, o Presidente encorajou a UM a fazer novos contributos para a implementação da estratégia de desenvolvimento com base na inovação e incentivou os alunos da UM a trabalharem arduamente, alcançarem mais êxitos e colocarem o seu conhecimento em prática.
    • No dia 7 Novembro de 2013, o Vice-Primeiro-Ministro do Conselho de Estado da República Popular da China, Wang Yang, presidiu à cerimónia de inauguração do novo campus.
    • No dia 20 de Dezembro de 2009, o ex-presidente, Hu Jintao, presidiu à cerimónia do lançamento da primeira pedra do novo campus. Durante a cerimónia, Hu expressou a esperança de que a UM se tornasse numa universidade de renome a nível mundial, com excelentes infra-estruturas, com um corpo docente notável e com capacidade para formar quadros qualificados e alcançar realizações notáveis, assim como manifestou o desejo de que a universidade contribuísse cada vez mais para o desenvolvimento socioeconómico de Macau.
    • Em Janeiro de 2009, o então Vice-Presidente Xi Jinping visitou a Ilha de Hengqin. Durante a sua visita a Macau, anunciou a decisão do governo central para desenvolver esta ilha. Foi nesta altura que se deu início ao projecto do novo campus.
  • Apoio do Governo da RAEM
    Ao longo dos anos, o governo da RAEM tem proporcionado um apoio incondicional à UM, através do contínuo melhoramento das políticas educacionais e do reforço da atribuição de recursos. A UM foi a primeira instituição de ensino superior em Macau a receber a Medalha de Mérito Educativo concedida pelo governo da RAEM. O Chefe do Executivo da RAEM exerce as funções de chanceler e de presidente da Assembleia da Universidade, factos estes que reflectem a importância atribuída pelo governo à instituição.

    O actual Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, indicou no seu primeiro Relatório das Linhas de Acção Governativa, para o ano financeiro de 2020, que o governo da RAEM irá apostar mais e optimizar a educação e acelerar a formação de quadros necessários ao desenvolvimento do território. Além disso, salientou que o governo irá também apoiar as instituições de ensino superior locais na execução de actividades de ensino e de investigação e na comercialização dos respectivos resultados científicos, promovendo a inovação e desenvolvimento daquelas instituições e a realização de investigação e ensino interdisciplinares, de modo a aumentar a capacidade global de Macau na investigação.

  • Reconhecimento da Sociedade
    A UM conquistou o reconhecimento da sociedade pelo seu ensino de alta qualidade, assim como pelo sucesso atingido pelos seus membros docentes e corpo estudantil. À universidade foram feitas doações por parte de todos os sectores da sociedade, em apoio ao seu desenvolvimento.

    • Em Dezembro de 2009, foi estabelecida a Fundação para o Desenvolvimento da Universidade de Macau, com o objectivo de apoiar a UM na sua prossecução da excelência académica e educacional, auxiliando a universidade a aumentar a sua competitividade a nível local e internacional, e criando todas as condições necessárias para alcançar estes objectivos.
    • Todos os anos, vários membros da UM receberam medalhas ou certificados de mérito, atribuídos pelo Governo da RAEM. Além disso, muitos académicos da UM foram galardoados com Prémios de Ciências e Tecnologia de Macau.
    • Muitas personalidades da comunidade e antigos alunos da UM, provenientes de Macau e de Hong Kong, fizeram doações para a Universidade, para apoiar a construção e desenvolvimento dos colégios residenciais, da Biblioteca e dos edifícios de sala de aula.
    • Mais de 50 instituições e indivíduos doaram para a UM, na forma de bolsas de estudo.
Top