Apoio à Universidade

Graças ao apoio dos governos central e da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), assim como de todos os sectores da sociedade, a Universidade de Macau (UM) conseguiu tornar-se, após 38 anos de evolução, numa das 400 melhores universidades de todo o mundo, com um notável progresso nas áreas da educação, investigação e serviço à comunidade.

  • Apoio do Governo Central
    Tanto o actual presidente, Xi Jinping, como o seu predecessor, Hu Jintao, visitaram a UM e transmitiram importantes instruções para o futuro desenvolvimento da universidade. Ambos expressaram as suas expectativas em relação à transformação da UM numa instituição de classe mundial.

    • Em Junho de 2018, o Presidente Xi Jinping respondeu a uma carta conjunta da UM, indicando uma clara direcção para as instituições de ensino superior de Macau. Nesta carta, o Presidente reconheceu o recente progresso feito pelas instituições de ensino superior de Macau na área da inovação científica e tecnológica, e exprimiu o seu desejo de que estas instituições formem mais quadros qualificados, com amor à pátria e Macau, conquistem novos sucessos nas áreas da ciência e tecnologia, promovam uma diversificação adequada da economia de Macau para um desenvolvimento sustentável, e contribuam para o desenvolvimento da Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau.
    • Em Abril de 2018, o Ministério da Educação da República Popular da China presenteou a UM com a estátua “Anel do Conhecimento”. Nesta estátua encontram-se inscritas as cinco virtudes que formam o lema da universidade, assim como as palavras “Grande Conhecimento” e “Grande Carácter”, duas das expectativas que a UM possui em relação aos seus alunos. A estátua também simboliza a dedicação da UM na promoção da cultura e virtudes tradicionais chinesas. Na cerimónia de inauguração da estátua, o Ministro da Educação, Chen Baosheng, enfatizou: “Esta estátua é mais do que um presente, ela simboliza os desejos e esperanças que o governo central e o Ministério da Educação nutrem para com a UM. Espero que a UM venha a concretizar a sua missão histórica de formar profissionais que amem a sua pátria e que contribua para o rejuvenescimento da nação e a prosperidade e estabilidade de Macau. Também desejo que a UM venha a tornar-se numa universidade de renome não só a nível nacional, como a nível mundial.”
    • Em Abril de 2018, uma delegação do Ministério da Ciência e Tecnologia da República Popular da China visitou os dois laboratórios de referência do estado (um de microelectrónica e o outro de medicina chinesa), assim como um terceiro relacionado com o desenvolvimento de cidade inteligente e a internet das coisas, já aprovado por este Ministério, mas ainda em preparação. Durante esta visita, a delegação mostrou-se satisfeita com o facto de os dois laboratórios de referência do estado desempenharem um papel relevante no desenvolvimento da ciência e tecnologia em Macau, e prometeu dar continuação ao apoio deste Ministério para os futuros esforços do governo da RAEM para o estabelecimento de novos laboratórios de referência do estado.
    • Em Dezembro de 2014, o Presidente Xi Jinping visitou a UM e elogiou a universidade pelas suas inúmeras inovações no sistema e filosofia educacionais. Após tomar conhecimento da posição de liderança a nível mundial ocupada pela UM nas áreas de chips na escala nano e da medicina chinesa, o Presidente encorajou a UM a fazer novos contributos para a implementação da estratégia de desenvolvimento com base na inovação e incentivou os alunos da UM a trabalharem arduamente, alcançarem mais êxitos e colocarem o seu conhecimento em prática.
    • No dia 7 Novembro de 2013, o Vice-Primeiro-Ministro do Conselho de Estado da República Popular da China, Wang Yang, presidiu à cerimónia de inauguração do novo campus.
    • No dia 20 de Dezembro de 2009, o ex-presidente, Hu Jintao, presidiu à cerimónia do lançamento da primeira pedra do novo campus. Durante a cerimónia, Hu expressou a esperança de que a UM se tornasse numa universidade de renome a nível mundial, com excelentes infra-estruturas, com um corpo docente notável e com capacidade para formar quadros qualificados e alcançar realizações notáveis, assim como manifestou o desejo de que a universidade contribuísse cada vez mais para o desenvolvimento socioeconómico de Macau.
    • Em Janeiro de 2009, o então Vice-Presidente Xi Jinping visitou a Ilha de Hengqin. Durante a sua visita a Macau, anunciou a decisão do governo central para desenvolver esta ilha. Foi nesta altura que se deu início ao projecto do novo campus.
  • Apoio do Governo da RAEM
    Ao longo dos anos, o governo da RAEM tem proporcionado um apoio incondicional à UM, através do contínuo melhoramento das políticas educacionais e do reforço da atribuição de recursos. A UM tornou-se na primeira instituição de ensino superior em Macau a receber a Medalha de Mérito Educativo atribuída pelo governo da RAEM.

    • Na qualidade de Chanceler e Presidente da Assembleia da Universidade de Macau, o Chefe do Executivo da RAEM, Chui Sai On, tem vindo a apoiar o desenvolvimento da universidade. No seu discurso proferido na Reunião Conjunta da Assembleia e do Conselho da Universidade de Macau, em 2018, o Doutor Chui afirmou que, graças aos esforços conjuntos de todos os membros da universidade, a UM foi capaz de ir ao encontro dos requisitos e expectativas da sociedade. Exprimiu, ainda, a sua esperança de que a UM irá continuar a realizar inovações, constantemente melhorando a qualidade de ensino, antecipando as mudanças resultantes do rápido desenvolvimento socioeconómico Macau, e redobrando os seus esforços na formação de profissionais de alto calibre nas várias áreas.
    • No seu discurso durante a Cerimónia de Graduação de 2018, o Doutor Chui afirmou que o rápido desenvolvimento da UM era um perfeito exemplo dos benefícios da implementação da política “Um País, Dois Sistemas” no ramo do ensino superior. Acrescentou, ainda, que o governo da RAEM irá continuar a apoiar a UM na reforma da sua estrutura curricular, no desenvolvimento de um sistema sólido de colégios residenciais, e na implementação de um sistema educativo focado na formação integral dos indivíduos. Expressou as suas esperanças de que a UM irá recrutar académicos de alto calibre em áreas diversas, procurar desenvolver as disciplinas de maior potencial, e prosseguir com o desenvolvimento de cursos nos mais variados ramos.
  • Reconhecimento da Sociedade
    A UM conquistou o reconhecimento da sociedade pelo seu ensino de alta qualidade, assim como pelo sucesso atingido pelos seus membros docentes e corpo estudantil. À universidade foram feitas doações por parte de todos os sectores da sociedade, em apoio ao seu desenvolvimento.

    • Em Dezembro de 2009, foi estabelecida a Fundação para o Desenvolvimento da Universidade de Macau, com o objectivo de apoiar a UM na sua prossecução da excelência académica e educacional, auxiliando a universidade a aumentar a sua competitividade a nível local e internacional, e criando todas as condições necessárias para alcançar estes objectivos.
    • Todos os anos, vários membros da UM receberam medalhas ou certificados de mérito, atribuídos pelo Governo da RAEM. Além disso, muitos académicos da UM foram galardoados com Prémios de Ciências e Tecnologia de Macau.
    • Muitas personalidades da comunidade e antigos alunos da UM, provenientes de Macau e de Hong Kong, fizeram doações para a Universidade, para apoiar a construção e desenvolvimento dos colégios residenciais, da Biblioteca e dos edifícios de sala de aula.
    • Mais de 50 instituições e indivíduos doaram para a UM, na forma de bolsas de estudo.
Top